É o aumento do nível de glicose no sangue durante a gravidez. Um dos principais fatores relacionados é a produção de alguns hormônios, pela placenta, que reduzem a ação da insulina materna. Quando o bebê é exposto a grandes quantidades de glicose ainda dentro do útero, há o risco de crescimento excessivo (chamado macrossomia fetal), aumento do volume do líquido amniótico (polidramnia) e, consequentemente, parto prematuro, tocotraumatismos (lesões no feto durante o trabalho de parto), hipoglicemia neonatal e, até mesmo, obesidade e diabetes quando ficarem adultos. O tratamento, na maior parte das vezes, é feito com orientação nutricional adequada e, em alguns casos, com uso de insulina subcutânea.

Informações

EspecialistaDra. Ilana Bezerra
Telefones+55 85 3085.2579 | 98616.1228
Emaililanaendoclinica@gmail.com

Horários de Atendimento

Sexta-feira15:00 - 18:00
Sábado09:00 - 12:00

Service details

Like it ?0
Date8 de março de 2016